Relembrando: O pretensioso 9 1/2 Semanas de Amor 2

noveemeiasemanasdeamor2_01
Lionsgate

Sequências dificilmente superam ou são tão boas quanto às obras originais. As duas afirmações são aplicadas com exatidão a 9 1/2 Semanas de Amor 2 (Another 9 1/2 Weeks – Love in Paris, França/EUA/Inglaterra, 1997), fraca produção lançada sem nenhum alarde em 1997. 11 anos após viver intensas nove e meia semanas de amor com a bela Elizabeth (interpretada por Kim Basinger no longa de 1986), John (Mickey Rourke) continua apaixonado por ela, e por conta disso vive deprimido e distante das mulheres com que se envolve. Ao saber que sua antiga paixão irá leiloar quadros em Paris, ele parte em busca de reencontrá-la. O que o empresário encontra na capital francesa é apenas frustação, já que Elizabeth não está presente no evento, e sim uma amiga dela que conhece todos os detalhes da intensa e complicada relação dos dois e também o paradeiro da loura.

9 1/2 Semanas de Amor chegou aos cinemas do mundo em meados dos anos 80 em torno de muita polêmica, por tratar abertamente sadomasoquismo e submissão como pano de fundo de um romance – claramente inspirado por O Último Tango em Paris de Bernardo Bertolucci e 25 anos antes do livro 50 Tons de Cinza. Com direção de Adrian Lyne – vindo do sucesso Flashdance, a produção foi fracasso entre público e crítica nos EUA, mas um enorme êxito na Europa e América Latina. Rendeu no mundo mais de US$ 100 milhões de dólares, transformou Rourke e Basinger em estrelas internacionais, trilha sonora e cenas em ícones dos anos 80. Tanto sucesso despertaria o interesse para uma sequência.

noveemeiasemanasdeamor_01
Rourke e Basinger em 9 1/2 Semanas de Amor / Divulgação – Fox

Em 1989, Zalman King – um dos roteiristas do original, pretendia reunir em Four Days in Frebuary, Mickey Rourke e Kim Basinger. A atriz recusou a proposta, o projeto foi engavetado e Rourke e King foram cometer o famigerado Orquídea Selvagem. Oito anos depois, Rourke já no ostracismo profissional após se aventurar pelo boxe profissional, recusar filmes como Pulp Fiction – o papel fora dado a Bruce Willis, e ficar irreconhecível após cirurgias plásticas para reconstruir o rosto destruído por conta das lutas, retornou ao personagem John Gray.

Com direção de Anne Goursaud (uma das montadoras de Drácula de Bram Stoker), o longa tem como cenário as belas locações de Paris, e uma pretensa vontade de ser – sem conseguir – um filme de arte europeu. O fiapo de roteiro traz cenas inspiradas no longa original, momentos de extremo mau gosto – como a sequência de submissão com velas, e uma narrativa vazia, presunçosa e arrastada. A trama vai do nada ao lugar nenhum, comprovando a real inexistência da necessidade de um segundo filme. A ex-modelo Angie Everhart interpreta sem o menor carisma Lea, estilista e confidente de Elizabeth. A personagem que deveria ser fascinante e misteriosa é apenas imatura e extremamente enfadonha. Mickey Rourke é outro que está abaixo do aceitável no longa. Completamente transformado fisicamente – não lembrando em nada o ótimo e sedutor ator que o público conheceu nos anos 80, Rourke faz de John, um esquisito inexpressivo, com hábitos grotescos e nenhum charme. Outro ponto negativo – dos inúmeros já citados – é a trilha sonora fria, composta por música eletrônica pouco inspirada.

noveemeiasemanasdeamor2_02
Angie Everhart dá show de canastrice / Reprodução

Arrastado, vazio e pretensioso, 9 1/2 Semanas de Amor 2 serviu apenas para desagradar os fãs do longa original e mostrar que aquele Mickey Rourke que o público conheceu, estava perdido. O ator voltaria a boa forma em produções de destaque quase uma década depois, deixando o ostracismo de lado, com longas como Chamas da Vingança, Sin City, Domino – A Caçadora de Recompensas, O Lutador – em fantástica atuação indicada ao Oscar em 2009, e Homem de Ferro 2.

 

De Anne Goursaud. Com Mickey Rourke, Angie Everhart, Agathe de La Fontaine, Steven Berkoff, Dougray Scott. 105 minutos. Europa. Em DVD.

Anúncios

Publicado por

Ramon Dutra

Jornalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s