Nostalgia: Fome de Viver

Fotos – Warner

Pela eternidade Miriam Blaylock colecionou amores, os substituindo a medida que a juventude deles se perdia. Protagonista de Fome de Viver, a personagem imortal – nunca chamada de vampira ao longo do filme -, ganhou a representação icônica da musa francesa Catherine Deneuve. Pertencente a uma linhagem egípcia, Miriam – que para todo o sempre manteve sua beleza -, tem a companhia de John Blaylock, interpretado pelo saudoso ícone pop David Bowie, falecido em 10 de janeiro de 2016. Transformado por Miriam, ele precisa dormir por seis horas e se alimentar de sangue humano uma vez por semana para permanecer jovem. Problemas de insônia o levam a uma rápida decadência física, e a procurar a cientista Sarah Roberts (Susan Sarandon), notória por desenvolver um estudo avançado sobre a relação entre sono, juventude e uma utópica imortalidade. Não apenas John cruza o caminho da doutora, mas também Miriam. Esse encontro dará origem a uma forte atração entre as duas. Continuar lendo Nostalgia: Fome de Viver

Bette Davis e Joan Crawford: A rivalidade de duas lendas do cinema

Sarandon e Lange interpretam Davis e Crawford / Fox

Uma das maiores rivalidades de Hollywood, talvez a maior, chega às telas brasileiras a partir de 12 de março pelo canal Fox Premium. Feud: Bette and Joan, série criada por Ryan Murphy (American Horror Story), Jaffe Cohen e Michael Zam, apresenta em sua primeira temporada a histórica batalha das duas atrizes. Jessica Lange vive Joan Crawford, enquanto Bette Davis é interpretada por Susan Sarandon. O pano de fundo é a filmagem de O Que Aconteceu com Baby Jane?, única colaboração das rivais. Além das brigas, a série discutirá as discriminações e perda de oportunidades em Hollywood enfrentada pelas atrizes. Catherine Zeta-Jones, Alfred Molina e Sarah Paulson também tem papéis de destaque.

Continuar lendo Bette Davis e Joan Crawford: A rivalidade de duas lendas do cinema

Por onde anda Geena Davis?

geenadavis_01
Foto / Mark Rogers

Houve um tempo em que Geena Davis se dava ao luxo de recusar papéis em produções de grande orçamento e fazer exigências salariais. Esse tempo foi o início dos anos 90. Quando a atriz vivia o auge da carreira com um Oscar na estante, filmes aclamados pela crítica e sucessos de bilheteria. Após sucessivas escolhas equivocadas em longas que fracassaram, a Davis viu sua situação mudar em Hollywood.

geenadavis_02
Fotos – Fox / Warner

Continuar lendo Por onde anda Geena Davis?